quinta-feira, 12 de abril de 2012

Aqueles...


Sete letras... Um substantivo abstrato, um sentimento nobre, significado indefinido, ou poderia dizer ainda... Um sorriso travesso, um olhar significativo, um gesto autoexplicativo... Uma risada sinistra, ao menos um grande mico, milhões de resenhas, um ombro para chorar, um abraço de urso... São tantas as coisas que eu poderia dizer que entendo por AMIZADE, mas na verdade nada do que eu poderia dizer seria capaz de explicar o que realmente sinto por ter vocês ao meu lado. Não sabemos o porquê formamos vínculos tão intensos com pessoas que mal conhecemos, mas foi assim com a gente, tão sem explicação... Mas aconteceu, com um oi, um sorriso... Tímido, mas verdadeiro, nos tornamos parceiros para a vida.
É engraçado como muitas vezes a vida nos surpreende, e traça novos rumos, é incrível como assim, do nada mesmo tudo muda, tudo te espanta, tudo é novo... Estar longe de tudo o que conhecia não é fácil, deixar tudo pra trás em busca do seu sonho, é preciso, mas ter alguém especial que te mostre que é possível sim ser feliz, não tem preço. Obrigada de verdade a vocês que fazem meus dias valeram a pena, que me ajudam superar os problemas e que  são o maior motivo das minhas crises de riso. De tudo o que aprendi, tudo que vivi,  o que levarei eternamente: Cada um de vocês! E se um dia nossos caminhos por alguma razão não mais se cruzarem, entendam que de alguma forma fizeram a diferença em minha vida...

2 comentários:

  1. É notório quando realmente as palavras saem do fundo do coração e da almaa!!

    L-I-N-D-O!

    ResponderExcluir