quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Sobre você!


Sabe, hoje tentei olhar bem dentro de mim, tentei indentificar essa angustia, mas ainda estou na mesma. Sabe, eu queria muito que tu pudesse me ver, não digo me ver propriamente, por que isso tu faz, quero que me vejas, me note, me enxergue. Queria também que eu pudesse saber o que fazer, por que no fundo estou perdida, me acho as vezes, mas sempre em sua companhia...e isso me mata sabe? Tenho medo...muito medo! sei que não devo temer a ti, porque sei que tu me quer bem...também te quero...mas não igual, ou é, já nem sei...
Sabe, hoje vivo em uma briga idiota e sem sentido comigo mesma, enquanto uma parte de mim quer te querer sem receio, a outra parte me prende, tem medo... só por não saber o que tu quer, o que tu sente. Sabe, as vezes me perco em pensamentos, em sonhos loucos, me prendo a uma fantasia do que poderia ser... me prendo na possibiladade de "nós", e sabe, seria tão bom... já nem sei se minto pra ti ou pra mim quando digo que que te gosto apenas, e que isso basta...porque sei que isso já não me basta a muito. Não te espero nada, não é assim que acontece, EU que sinto, não te preocupa porque não espero nada, ou melhor eu espero, mas meu receio me impede de cobrar, então tudo fica na mesma, e isso que me mata, isso de não saber de você, de não ter certeza nunca, de não poder me permitir ter esperanças, só por medo... de tentar? Talvez!
Na verdade, tudo que sei é que sinto...e sinto forte mesmo, porque de alguma forma aqui dentro negar isso pra mim não me impede mais de sorrir a cada vez que te vejo, ou a falar tolices numa mera conversa casual, o que é isso? Nem eu mesma sei...Mas é forte sabe?...

2 comentários:

  1. CONVITE

    Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
    Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. Palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
    Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
    Abraços do
    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir